Novo Horizonte do Sul vai receber investimento de RS 6,7 milhões em saneamento

O dinheiro já está disponível e foi garantido junto à Caixa. Entre as metas, está a construção de 15,8 km de rede coletora de esgoto

Cb image default

Contemplada no Programa Avançar Cidades, Novo Horizonte do Sul vai receber R$ 6.759.944,45 milhões de reais para obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário.

O recurso foi adquirido junto à Caixa e será utilizado na construção de 15,8 km de rede de esgoto, 839 ligações domiciliares, uma elevatória e um sistema de pós tratamento, ou seja, centenas de famílias serão beneficiadas.

A coleta e tratamento dos esgotos levam à melhoria da qualidade de vidas das pessoas, sobretudo na saúde infantil: com redução da mortalidade infantil, melhorias na educação, expansão do turismo, valorização dos imóveis, na renda do trabalhador, despoluição dos rios e preservação do meio ambiente.

A meta do Governo do Estado e Sanesul é deixar Novo Horizonte do Sul com uma cobertura de rede de esgoto acima dos 60% da população nos próximos 10 anos.

Obras em andamento – Atualmente, a empresa está terminando a construção de uma ETE – Estação de Tratamento de Esgoto que atenderá de imediato a demanda do município. Além disso, está construindo uma estação elevatória, o emissário, mais 1.914m de coletor tronco, 2.725m de rede coletora de esgoto e 160 ligações domiciliares de esgoto. Os recursos são do PAC 2, FUNASA/SANESUL no valor de R$ 2,3 milhões. As obras já estão 99% avançadas.

O projeto do Governo do Estado é universalizar o serviço de esgotamento sanitário em MS, ou seja, levar coleta e tratamento para todo o Estado. Por isso, o empenho em conseguir recursos para todas as obras necessárias.

PGlmcmFtZSBpZD0iX2ZoNWhnamY2MCIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9NZFJHOHdGVGpYND9yZWw9MCZhbXA7YW1wO3Nob3dpbmZvPTAiIGFsbG93ZnVsbHNjcmVlbj0iIiBmcmFtZWJvcmRlcj0iMCI+PC9pZnJhbWU+

Contemplada no Programa Avançar Cidades, Novo Horizonte do Sul vai receber R$ 6.759.944,45 milhões de reais para obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário.

O recurso foi adquirido junto à Caixa e será utilizado na construção de 15,8 km de rede de esgoto, 839 ligações domiciliares, uma elevatória e um sistema de pós tratamento, ou seja, centenas de famílias serão beneficiadas.

A coleta e tratamento dos esgotos levam à melhoria da qualidade de vidas das pessoas, sobretudo na saúde infantil: com redução da mortalidade infantil, melhorias na educação, expansão do turismo, valorização dos imóveis, na renda do trabalhador, despoluição dos rios e preservação do meio ambiente.

A meta do Governo do Estado e Sanesul é deixar Novo Horizonte do Sul com uma cobertura de rede de esgoto acima dos 60% da população nos próximos 10 anos.

Obras em andamento – Atualmente, a empresa está terminando a construção de uma ETE – Estação de Tratamento de Esgoto que atenderá de imediato a demanda do município. Além disso, está construindo uma estação elevatória, o emissário, mais 1.914m de coletor tronco, 2.725m de rede coletora de esgoto e 160 ligações domiciliares de esgoto. Os recursos são do PAC 2, FUNASA/SANESUL no valor de R$ 2,3 milhões. As obras já estão 99% avançadas.

O projeto do Governo do Estado é universalizar o serviço de esgotamento sanitário em MS, ou seja, levar coleta e tratamento para todo o Estado. Por isso, o empenho em conseguir recursos para todas as obras necessárias.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.