Portal Ivi Hoje 8 Anos Informação a um clique! 15:01

Ministro confirma R$ 75 milhões para obras de asfalto para Ivinhema e mais 9 municípios de MS

Governador destaca parceira federal para levar desenvolvimento para o interior do Estado

Cb image default
Além das obras de revitalização do asfalto, Azambuja reforçou que estão em contratação obras do Programa Avançar Saneamento. Imagem: (Paulo Francis)

O repasse dos R$ 75 milhões do Programa Avançar Cidades – Mobilidade Urbana para 10 municípios de Mato Grosso do Sul foi confirmado e celebrado pelo ministro do desenvolvimento regional, Gustavo Canuto, durante sua passagem por Campo Grande na tarde desta quinta-feira (4).

A verba será destinada para obras de asfalto em Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Bonito, Ivinhema, Maracaju, Paraíso das Águas, Ponta Porã, Naviraí e Sonora. Os projetos de três cidades já foram assinados. Segundo o ministro em Ponta Porã, Paraíso das Águas e Sonora serão investidos R$ 22 milhões do montante do programa. Os R$ 53 milhões serão investidos nas outras sete cidades contempladas.

Leia também >>

Governo do estado e prefeitura de Ivinhema realizam entrega de mais 37 unidades habitacionais

Durante o ato, na sede da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), deixou claro a verba é destinada para revitalização de ruas e avenidas nas cidades. Além deste recurso, Azambuja reforçou que também estão em contratação obras do Programa Avançar Saneamento, com investimento de R$ 194 milhões em 16 municípios. E mais R$ 72 milhões estão sendo discutidos com o governo.

Para o governador, o investimento mostra a parceira do estado com o governo federal para levar o investimento e infraestrutura para as cidades do Estado. 'As obras estão encaminhadas e outras virão conforme a demanda', destacou Azambuja.

Pedido em análise

Questionado sobre o recurso pedido pelo prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), ministro do desenvolvimento regional, Gustavo Canuto adiantou que no momento não tem nada confirmado. Segundo ele, o pedido de Trad está em análise.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.