Portal Ivi Hoje 8 Anos Informação a um clique! 00:24

16 cidades do MS não registraram nenhum homicídio em 2018

Cinco municípios da Regional de Nova Andradina compõem a lista das 16 cidades que não apresentaram registros de homicídios no ano passado

Cb image default

A integração entre as policiais é outro fator que vem contribuindo para a redução dos crimes no Estado. Imagem: (Arquivo/Sejusp)

Para quem está acostumado a ouvir diariamente informações sobre o aumento da violência em várias cidades do Brasil, pode ficar difícil imaginar como é viver em um município que não registrou casos de homicídios durante 365 dias. Segundo levantamento da Polícia Civil, das 79 cidades de Mato Grosso do Sul, 16 não tiveram nenhuma ocorrência deste tipo de delito em 2018. Mais uma estatística que comprova a eficiência das ações e investimentos do Governo do Estado na segurança pública. Só com o programa MS Mais Seguro foram mais de R$ 120 milhões destinados à compra de viaturas, armamentos, equipamentos de segurança aos policiais e no aperfeiçoamento do serviço de inteligência.

São cidades de até 15 mil habitantes e em praticamente todas as regiões do Estado, como: Angélica, Batayporã, Bodoquena, Brasilândia, Caracol, Corguinho, Figueirão, Iguatemi Jaraguari, Laguna Carapã, Novo Horizonte do Sul, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Taquarussu e Vicentina. No comparativo com o mesmo período de 2017, cinco destas cidades também não registraram nenhum assassinato: Figueirão, Jaraguari, Novo Horizonte, Selvíria e Taquarussu.

Em geral, no Estado, dos 12 tipos de crimes monitorados pela Sejusp, 10 tiveram queda no número de ocorrências, um não teve alteração e apenas um registrou aumento. Em média, a redução dos crimes foi de 10,04%. Em relação aos casos de homicídios a redução foi de 14% em 2018, ao todo foram 443 casos.

Trabalho integrado

Cinco municípios da Regional de Nova Andradina compõem a lista das 16 cidades que não apresentaram registros de homicídios no ano de 2018. Para o delegado Andre Luiz Novelli Lopes, que responde pelo polo que é composto por nove cidades, e está entre os que tiveram o maior índice de redução de criminalidade no ano passado, às ações conjuntas foram fundamentais para a obtenção desse resultado.

“O trabalho integrado desenvolvido pelas forças de segurança pública em nossa região se mostraram eficazes para o combate à criminalidade de um modo geral, e foram cruciais para que se alcançasse o cenário de inexistência dos crimes de homicídios na maioria das cidades que compõem a unidade regional”, avaliou o delegado.

O comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, coronel Waldir Ribeiro Acosta, atribui esse resultado aos investimentos do Governo do Estado em viaturas e equipamentos, que é uma política adotada que com certeza contribuiu para isso, além do apoio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). “Esses resultados decorrem da atuação efetiva e ininterrupta do efetivo das forças de segurança, que dedicam suas vidas para servir e proteger a sociedade”, destacou o coronel.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.