Portal Ivi Hoje 8 Anos Informação a um clique! 12:30

Adolescente que comandou assalto e sequestro em Ivinhema, diz Policia Civil

Ao todo, sete pessoas foram detidas, armas de fogo apreendidas e bens recuperados.

Cb image default

José Silveira de Jesus Santos Filho de 18 anos, Uillian Leite Gomes de 27 anos, Diego Caetano da Silva de 22 anos, todos de Angélica e Ailton Sumeira Pereira de 18 anos, da cidade de Naviraí, foram presos e três adolescentes apreendidos suspeitos de roubo e sequestro em Ivinhema. Crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (5), no bairro Triguinã.

A Polícia Civil, por meio do SIG (Setor de Investigações Gerais) deflagrou a “Operação Septimus”, que identificou e prendeu quatro suspeitos procurados pelos dos crimes de roubo com sequestro, posse ilegal de armas e corrupção de menores, ocorridos ainda na madrugada do mesmo dia, logo após os trabalhos ostensivos da Polícia Militar, que localizou um idoso, de 62 anos, amarrado, vítima dos assaltantes.

Durante a operação, além dos detidos, também foram apreendidas quatro armas de fogo, várias munições, bem como recuperado um cofre roubado e algumas joias.

A Polícia Civil, por meio do SIG (Setor de Investigações Gerais) deflagrou a “Operação Septimus”, que identificou e prendeu quatro suspeitos procurados pelos dos crimes de roubo com sequestro, posse ilegal de armas e corrupção de menores, ocorridos ainda na madrugada do mesmo dia, logo após os trabalhos ostensivos da Polícia Militar, que localizou um idoso, de 62 anos, amarrado, vítima dos assaltantes.

Durante a operação, além dos detidos, também foram apreendidas quatro armas de fogo, várias munições, bem como recuperado um cofre roubado e algumas joias.

Ivinhema

Cb image default
Ailton Sumeira Pereira de 18 anos, morador em Naviraí, preso pela Polícia Militar. 

A Polícia Militar de Ivinhema localizou e prendeu Ailton Sumeira Pereira de 18 anos, morador em Naviraí, ele estava na no trevo entre Ivinhema e Naviraí. Uma denúncia informou que havia uma pessoa que desde as primeiras horas da manhã, ficava transitando entre um bar próximo ao antigo zoológico municipal e o ponto de ônibus localizado nas margens da rodovia. Os policiais militares foram até o local e encontraram o suspeito, após abordagem foi realizada a checagem no sistema policial e nada foi encontrado.

Durante entrevista, Ailton disse ser morador de Naviraí e que estava visitando seu pai e que estava em Ivinhema há três dias. Em contato com a Polícia Civil, foi confirmada a informação que havia a suspeita de que o jovem abordado fazia parte do roubo seguido de sequestro ocorrido durante a madrugada. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia para melhores esclarecimentos e após a confirmação da participação no roubo e no sequestro, a equipe policial retornou ao local da abordagem. Em buscas pelo perímetro, foi encontrada uma sacola plástica contendo várias joias e também um relógio de bolso. Um dos pingentes encontrado tinha gravado o nome da vítima do roubo.

Cb image default
Joias recuperadas pela PM.

Segundo a Polícia Civil, os trabalhos se iniciaram ainda na madrugada de quarta-feira, sendo que as buscas pela autoria se estenderam por todo o dia e finalizaram em torno das 3h da manhã desta quinta-feira (6).

Angélica

Horas depois em Angélica, os policiais militares receberam informações de populares que avistaram três indivíduos, arrastando um cofre e colocando em cima de um caminhão. Imediatamente a equipe foi até a estrada São João para averiguar as informações, entretanto, o cofre não foi encontrado.

Ainda em diligências no bairro Dos Estados, os policias encontraram um caminhão com as mesmas características das informações recebidas e após contato com o proprietário, a equipe realizou buscas no veículo, encontrando o cofre com uma abertura lateral. Ao ser indagado sobre a origem do objeto, o dono do caminhão informou que realizou um frete de eucalipto para uma olaria e ao transitar pela estrada São João, encontrou o cofre e como trabalha também com ferro velho pegou o objeto com auxílio de seus ajudantes.

Cb image default
Cofre da vítima localizado pela PM em Angelica. Imagem: (Divulgação/PMMS)

Diante da necessidade de apuração, o proprietário do caminhão juntamente com o cofre foram levados até a Delegacia para investigação e apuração dos fatos.

Investigação

Também participaram da ação em trabalho conjunto, o delegado Caio Goto, Titular da Delegacia de Ivinhema, juntamente com a equipe de investigadores de Ivinhema, que detiveram cinco envolvidos, incluindo o adolescente responsável por comandar a ação dos demais assaltantes.

Em auxílio aos agentes de Ivinhema, a Delegacia de Polícia de Angélica, por meio dos investigadores do SIG, terminou detendo mais dois suspeitos e apreendendo as quatro armas de fogo, todas envolvidas no crime e escondidas em Angélica, na casa de um dos criminosos.

Conforme o delegado Caio Goto, todos os presos e os adolescentes apreendidos confessaram a prática do roubo e sequestro, e o idoso sequestrado, de 62 anos, reconheceu o adolescente que liderou o bando, confirmando que foi rendido, amarrado e colocado sob a mira das armas.

A autoria e materialidade dos crimes foi demonstrada através das provas coletadas pelos agentes do SIG de Ivinhema, sendo apurada toda a dinâmica do sequestro, bem como esclarecida a função de cada um deles durante o roubo.

“A vítima foi violentamente amarrada pelo grupo, e carregada a força para dentro do carro, em completo desespero”, frisou o delegado.

Cb image default
Grupo apreendido na Delegacia de Ivinhema. Imagem: (Divulgacão/PMMS)

A ocorrência será encaminhada pela Polícia Civil de Ivinhema ao Poder Judiciário, para análise sobre as quatro prisões e as três apreensões de adolescentes. Os menores poderão ser internados em Uneis (Unidades Educacional de Internação), a depender da existência das vagas.

“No total, durante a operação foram presas quatro pessoas e apreendidos três adolescentes em flagrante, retiradas de circulação quatro armas de fogo e recuperadas algumas joias roubadas”, confirmou o Delegado de Ivinhema. Segundo ele, as penas somadas dos crimes aos adultos podem chegar a até 19 anos de reclusão. Os adolescentes poderão ficar até três anos internados.

“O foco da “Operação Septimus” era a localização e captura dos sete envolvidos no sequestro, já previamente identificados pela Polícia Civil”, finalizou.

*Com Jornal da Nova.

Cb image default
Delegacia Civil de Ivinhema.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.