Vereador de Jardim procura polícia depois de página postar valor gasto em diárias

Nogueira procurou delegacia após ver uma charge circulando nas redes sociais, com a foto do rosto dele carregando uma mala de dinheiro

Cb image default
Vereador César, de Jardim, registrou boletim de ocorrência por injúria, calúnia e difamação. (Reprodução)

O vereador e vice-presidente da Câmara Municipal de Jardim, Avelino Cesar Nogueira (PDT), registrou boletim de ocorrência por injúria, contra uma postagem feita no Facebook por página de política da cidade, com uma charge alegando que ele gastou em R$ 125 mil em diárias e passagens, durante três anos como político.

A charge é uma montagem feita com o rosto do vereador, vestido de terno e gravata e carregando uma mala com dinheiro. A postagem diz ainda que César foi o vereador que mais gastou com diárias, em comparação com os outros dez vereadores do município.

O boletim de ocorrência foi registrado como injúria, se cometido na presença de várias pessoas que facilite a divulgação de calúnia e difamação.

Conforme o registro, o vereador fala que na postagem feita na quarta-feira (8), tem comentários ofensivos. Os valores de diárias divulgados pela página, conforme o vereador, estariam fora da realidade e ele ainda descreve a charge à polícia: o rosto dele sendo de um senhor segurando uma mala cheia de dinheiro com os dizeres de R$ 125.000,00 esse ano gasto, R$ 200.000,00 do Jardinense #Cesar Gastador sou preferido do prefeito'.

Ainda segundo o registro policial, com a postagem da charge, vários seguidores propagaram notícia mentirosa. O vereador ainda indicou nome de um homem que estava compartilhando a postagem em grupos de mensagem do Facebook e uma mulher, que teria feito comentários maldosos na publicação.

Ao jornal Midiamax, o vereador alegou que a postagem é fake news e atribuiu a isso, a falta de fonte com os números divulgados. “Não tem nada de sério na postagem, tanto é que tem valor exorbitante, não tem nada a ver com a realidade. É uma postagem vazia'.

César disse ainda que a postagem causa confusão nas pessoas. “Querem denegrir minha imagem e acabam gerando discussões sobre um fato que não é'. O vereador disse ainda que a página do Facebook será investigada. “Vou levar o caso até onde for possível, mas não dá para ter impunidade neste caso'.

Portal da Transparência

A reportagem pesquisou os gastos de diárias e passagens do vereador no Portal da Transparência da Câmara Municipal, desde 2017, quando assumiu o cargo.

Pelos valores publicados no Portal, em três anos, Cesar gastou R$ 37.200,00 em diárias e passagens. Em 2017, o maior gasto com diária foi de R$ 2.700 em fevereiro, quando foi para Brasília, participar do encontro nacional de vereadores.

Em março, abril e maio, foram gastos R$ 300 por mês em viagens para Campo Grande, para ir ao gabinete de deputados estaduais. Em junho, julho, agosto, novembro e dezembro, o gasto mensal foi de R$ 1.200 para participar de seminários. Em setembro e outubro, gastou R$ 600 cada mês para vir à Capital. A soma do valor gasto com diárias em 2017 foi de R$ 10.800,00.

O gasto do vereador pedetista em 2018 foi de R$ 13.200,00 com diárias. De fevereiro a dezembro, gastou por mês R$ 1.200,00 em viagens para Campo Grande para participar de seminários e visitar gabinetes de deputados. Gastou o mesmo valor para ir a Dourados.

2019

No ano passado, Cesar também gastou R$ 13.200,00 também com seminários e visitas a gabinetes, com valores variando entre R$ 300, R$ 600 e R$ 1.200 por mês. Em dezembro, a diária foi de R$ 3.300,00 para ir a Brasília, visitar gabinetes de senadores e deputado federal.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.