Licença ambiental é última fase para MS ter maior frigorífico de peixes do mundo

Com objetivo de conseguir licença para instalação do maior frigorífico de tilápia do mundo, o deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB) e a senadora Simone Tebet (PMDB) se reúnem, na manhã desta quinta-feira, com o ministro Blairo Maggi e com representantes da Secretaria Especial de Pesca e Aquicultura, em Brasília.
A negociação que foi intensificada no ano passado tem como foco a instalação da empresa Tilabras Aquacultura Ltda, em Selvíria. A expectativa é que a empresa invista R$ 150 milhões na criação e produção da espécie.
Licença prévia para instalação de 821 tanques no Rio Paraná já foi expedida pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) há 1 ano, mas para que a instalação do frigorífico seja concretizada, é necessária autorização do Ministério da Agricultura.
A expectativa é que a empresa produza 100 mil toneladas de peixe por ano, esse seria o maior investimento da história do Brasil nesse setor e o empreendimento se transformaria no maior frigorífico de peixes do mundo, que geraria faturamento de R$ 1 bilhão por ano.
A geração de empregos diretos deve ficar na casa das 800 vagas. Assim que a licença for emitida, a construção do frigorífico deve iniciar, no ano que vem.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.