Grávida morre atacada por cães durante caçada em floresta francesa

Elisa Pilarski estava no sexto mês de gestação

Cb image default
Crédito: Reprodução Facebook Elisa Pilarski

Elisa Pilarski, 29 anos, morreu depois de ser atacada por cães, durante uma caçada em uma floresta na França. A vítima estava grávida de seis meses e levou mordidas nas mãos, pernas e cabeça.

Conforme a BBC News Brasil, um membro da investigação disse que Elisa passeava na floresta de Retz, no ultimo sábado (16) e já temia um possível ataque de cães. Ela chegou a telefonar para o parceiro Christophe para dizer de sua preocupação. Horas depois o corpo dela foi achado.

Ainda conforme a investigação, a vítima estava na região de Villers-Cotterêts e dos cães suspeitos do ataque, cinco eram de Elisa. Investigadores analisam material genético de 93 cachorros que estavam no local para determinar quais deles atacaram Elisa e a quem pertencem.

O casal morava numa casa perto da floresta. Ainda segundo o site, depois de descobrir o corpo sem vida de Pilarski, Christophe pediu ajuda a um vizinho, que então chamou a polícia. A morte da gestante ocorreu entre as 13:00 e as 13:30 horas, de acordo com a autópsia.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.