EUA - Casal com coronavírus morre lado a lado, de mãos dadas, no mesmo dia

Uma das filhas do casal também esteve internada com a mesma doença

Cb image default

Tudo começou com "uma simples tosse". É desta forma que Ashley Briscoe revela a forma como a Covid-19 chegou à sua família, infectando os seus pais e uma irmã.

Os três foram hospitalizados, com a irmã conseguindo vencer rapidamente a doença, mas os pais, que já sofriam de outros problemas de saúde, acabaram por não resistir.

Pastor Steven e Barbara Randolph, que na sua comunidade, em Louisiana (EUA), eram carinhosamente chamados de tio e tia, foram internados lado a lado e mantiveram-se juntos nesta batalha.

"A minha mãe sofria de diabetes e de pressão alta e o meu pai já tinha sofrido três AVC's e um ataque cardíaco", afirma a filha, em declarações à WAFB 9, explicando que este passado influenciou muito na forma como os seus pais lutaram contra o novo coronavírus.

Cb image default
Pastor Steven e Barbara Randolph© GoFundMe

A família já previa que a luta ia ser difícil e conta que o que mais lhes custou foi não poderem estar presentes para dar força e afeto aos seus pais. Contudo, sabem que o hospital permitiu que estivessem em camas lado a lado, o que os deixa felizes por saber que os pais estiveram sempre juntos, mesmo nos seus últimos momentos de vida.

"A minha mãe sempre me disse que não imaginava a sua vida sem o meu pai e o meu pai dizia-me que não imaginava como era viver sem a minha mãe. Para mim, esta é a forma de Deus me dizer que os meus pais continuam juntos e não têm de descobrir o que é viver um sem o outro", afirma a mulher.

Steven e Barbara teriam morrido lado a lado, de mãos dadas, na UTI de um hospital local. A mulher morreu primeiro e Steven acabaria por morrer horas depois. O casal deixa quatro filhos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.