Dólar sobe, bolsas caem e momento é de alerta após vitória de Donald Trump

O republicano Donald Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos e imediatamente o mercado começou a reagir. Bolsas do mundo inteiro abriram em queda e o dólar já encosta em R$ 3,25. A reação alarmante mostra investidores receosos com o que chamam de um caminho novo e incerto.
Ainda é cedo para falar de consequências para a economia brasileira, mas é certo que o momento é de alerta. O consultor de mercado Aldo Barrigosse explica que a economia do mundo inteiro está atrelada à Americana e dependendo das decisões que forem tomadas, as consequências podem chegar a Mato Grosso do Sul.
A vitória de um republicano acontece após oito anos de governo democrata, além disso, Trump é uma figura polêmica e instável. Só o fato de o partido voltar ao poder já é um alerta, já que tradicionalmente os políticos republicanos tendem a proteger mais a economia americana.
Para Aldo, as consequências podem ser tanto em relação a venda quanto ao consumo. O dólar deve subir nos próximos meses, impactando diretamente nas nossas relações de compra e venda.
|Os EUA são um grande mercado produtor e exportador de soja, assim como nós. As decisões tomadas lá em relação a isso, podem impactar diretamente na nossa economia e trazer consequências|, afirma o consultor.
Dias antes da eleição, jornais nacionais já repercutiam as consequências para o mercado, de um possível vitória de Trump. Ele só assume em janeiro e é preciso esperar pelas notícias, mas o mercado deve ficar instável até lá.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.