Palmeiras goleia Godoy Cruz com direito a “olé” e avança às quartas de final da Libertadores

Raphael Veiga, em polêmico pênalti marcado com auxílio do VAR, Borja, Gustavo Scarpa e Dudu marcaram os gols do Verdão; próximo rival sai de Libertad x Grêmio

Cb image default
Gustavo Gómez em ação pelo Palmeiras contra o Godoy Cruz (Foto: Marcos Ribolli)

Deu Verdão!

O Palmeiras está nas quartas de final da Libertadores. Na noite desta terça-feira, em sua arena, o Verdão goleou o argentino Godoy Cruz por 4 a 0 e assegurou a classificação – na partida de ida, em Mendoza, empate por 2 a 2. O primeiro gol do Palmeiras, marcado por Raphael Veiga, de pênalti, foi com polêmica marcação após revisão pelo VAR. O segundo gol do Verdão foi marcado por Borja. O terceiro foi de Gustavo Scarpa, e Dudu fechou a conta em uma partida na qual, no geral, o Palmeiras foi muito superior. A torcida até gritou “olé” nos minutos finais do duelo.

E agora?

Classificado, o Palmeiras aguarda o vencedor do duelo entre Libertad e Grêmio. Na primeira partida, o time gaúcho venceu por 2 a 0 e está com importante vantagem.

Primeiro tempo

A primeira etapa da decisão na arena do Palmeiras foi de baixa qualidade técnica. Com muitos passes errados, de ambos os lados, nenhuma das equipes conseguiram criar chances claras de gol. O time de Felipão, querendo propor o jogo, não conseguiu avançar. Ataque, meio-campo e defesa não se aproximaram para criar jogadas. Borja, pelo lado do Palmeiras, foi o jogador que mais quis jogo, aparecendo para receber, tabelar e até voltando para marcar.

Segundo tempo

O Palmeiras voltou mais ligado para a etapa final. Logo aos três minutos, Gustavo Gómez, após cruzamento de Willian, cabeceou com força para boa defesa de Mehring. Pouco depois, um lance polêmico: com a ajuda do árbitro de vídeo, o juiz Estebán Ostojich marcou mão de Varela em disputa de bola com Borja. Na cobrança do pênalti, aos 11, Raphael Veiga abriu o placar. Depois, em vantagem, o Palmeiras aumentou a pressão e chegou com perigo com Veiga, Felipe Melo... Mas só aos 28, após lambança da defesa do Godoy Cruz, é que o Verdão ampliou com Borja. Sobrou tempo ainda para o Palmeiras ampliar, aos 38, com Gustavo Scarpa. Na reta final do jogo, Manzur, do time argentino, foi expulso por entrada violenta em Dudu.

"Voltou o VARsil"

A imprensa argentina relembrou a polêmica após o jogo Brasil x Argentina, na semifinal da Copa América, para ironizar o pênalti marcado contra o Godoy Cruz

No Brasileirão

Vice-líder da competição, o Palmeiras volta a campo no domingo, às 19h, para o clássico contra o Corinthians, na arena do rival, em jogo válido pela 13ª rodada.

Cb image default
Árbitro assinala pênalti para o Palmeiras em jogo contra o Godoy Cruz (Foto: Marcos Ribolli)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.