Cruzeiro tem gol anulado, perde para Atlético-MG, mas vai à semi

Cazáres e Patric marcaram gols da vitória do Galo por 2 a 0. Placar do primeiro jogo (3 a 0) garantiu Raposa para próxima fase da Copa do Brasil

Cb image default
Atlético-MG e Cruzeiro fizeram jogo pegado no Horto. Foto: (Araceli Souza)

O Atlético-MG venceu na noite desta quarta-feira (17), mas foi o Cruzeiro quem levou a melhor no grande clássico mineiro, pela Copa do Brasil. O Galo bateu o adversário por 2 a 0 no Independência, em Belo Horizonte (MG), mas com os 3 a 0 do primeiro jogo, a Raposa avançou para a semifinal.

O Cruzeiro agora enfrenta o Internacional que derrotou o Palmeiras nos pênaltis, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Como um autêntico clássico, a partida foi quente, nervosa, mas bem jogada. O meia Cazares abriu o placar aos 34 minutos do primeiro tempo, em chute forte, que surpreendeu o goleiro Fábio. Até o fim da etapa inicial, o Cruzeiro ainda tentou equilibrar a partida, mas não conseguiu o empate.

Na etapa final, a equipe do técnico Mano Menezes ainda chegou à igualdade em belo contra-ataque, com finalização de Pedro Rocha, aos 18 minutos. O árbitro Flavio Rodrigues de Souza anulou o lance, por uma falta na origem da jogada. Uma briga logo se iniciou entre os jogadores e Alerrandro e David foram expulsos.

Com dez jogadores para cada lado, o Atlético-MG ainda acertou o travessão de Fábio, enquanto o Cruzeiro esperava por uma chance. Era pouco para um jogo tão grande. Patric, aos 47 minutos, acertou um chutaço de fora da área para aumentar. Um gol a mais levava a partida para os pênaltis.

Apesar do sustos e da derrota, a comemoração no apito final foi dos cruzeirenses no Horto.

ATLÉTICO-MG 2 x 0 CRUZEIRO

​Estádio: Independência - Belo Horizonte (MG)

Data-hora: 17 de julho de 2019, às 19h15

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Alex Ang Ribeiro (SP)

Árbitro de vídeo: Vinicius Furlan (SP)

Cartões Amarelos: Fábio, Egídio, Robinho, Pedro Rocha, David (CRU), Jair, Cazares. Luan, Ricardo Oliveira(ATL)

Cartões Vermelhos: Alerrandro(ATL), David(CRU)

Público e renda: 22.145/R$ 1.352.396,00

Gols: Cazares, aos 34’-2ºT(1-0), Patric, aos 47’-2ºT(2-0)

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair(Ricardo Oliveira, aos 24’-2ºT) e Elias(Luan, aos 11’-2ºT); Otero(Geuvânio, aos 18’-2ªT), Cazares e Chará ; Alerrandro. Técnico: Rodrigo Santana

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho(Jadson, aos 17’-2ºT), ,Marquinhos Gabriel e Pedro Rocha(Dodô, aos 37’-2ºT) e Fred(David, aos 13’-2ºT) Técnico: Mano Menezes.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.