Botafogo vence e rebaixa Chape quase três anos após acidente aéreo

Botafogo garantiu vitória na Arena Condá. Verdão do Oeste caiu pela primeira vez no Brasileiro

Cb image default

Rhuan, de 19 anos, fez seu primeiro gol com a camisa do Botafogo. Foto: (Lance)

O atacante Rhuan, de 19 anos, marcou o seu primeiro gol como profissional e, de quebra, garantiu a vitória do Botafogo pelo placar de 1 a 0 sobre a Chapecoense, na Arena Condá, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Verdão do Oeste está oficialmente rebaixado para a Série B.

Com o resultado, os cariocas chegam a segunda vitória consecutiva e vão a 13ª posição, com 42 pontos. Do outro lado, os catarinenses estão rebaixados. É o primeiro rebaixamento da Chape na história desde que retornou à Primeira Divisão. Os times retornam a campo no fim de semana. No sábado, o Botafogo encara o Internacional, às 19h, no Nilton Santos. Já no domingo, no mesmo horário, a Chapecoense visita o Santos, na Vila Belmiro.

As duas equipes tiveram um início equilibrado e ao longo do primeiro tempo ficaram entre altos e baixos. A Chapecoense conseguiu colocar Gatito para trabalhar, com cabeçada de Everaldo e Roberto. E foi só, pois a defesa carioca estava segura. Benevenuto e Gabriel confiantes. Contudo, na parte ofensiva, o Botafogo repetiu o roteiro dos outros jogos: pouco criou e faltou explorar as jogadas pelas laterais. A ordem de Valentim de finalizar mais a gol, dada no meio da semana, não foi correspondida.

No momento em que a Chape estava melhor, o Alvinegro conseguiu um contra-ataque para balançar a rede. Diego Souza ganhou no jogo de corpo, a bola sobrou para João Paulo, que passou em profundidade para Rhuan, que deu um toque sutil por cima do goleiro e comemorou o seu primeiro gol em contexto importante na competição. Porém, antes disso, o Verdão do Oeste já tinha chegado três vezes com perigo, mas sem sucesso.

Depois de abrir o placar, o Botafogo manteve a postura dos contra-ataques e ainda reforçou o setor defensivo. Do outro lado, a Chapecoense buscou a todo momento o gol. Foram quase 30 finalizações, masa defesa carioca se segurou do jeito que pôde para permanecer o triunfo fora de casa. A maioria delas não assustou, porém teve momentos de apreensão. O Glorioso se afasta ainda mais da zona da degola.

CHAPECOENSE 0x1 BOTAFOGO

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Data-Hora: 27/11/2019, às 19h30

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Michael Stanislau (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Assistentes do VAR: Douglas da Silva (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Cartão Amarelo: Maurício Ramos, Bruno Pacheco(CHA); Gabriel (BOT)

GOLS: Rhuan 8'/2ºT (0-1).

CHAPECOENSE: João Ricardo, Eduardo, Douglas, Maurício Ramos (Camilo; 15'/2ºT), Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Roberto (Gustavo Campanharo; 32'/2ºT), Renato (Arthur Gomes; 21'/2ºT); Henrique Almeida e Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Fernando, Marcelo Benevenuto, Gabriel, Yuri; Cícero, João Paulo (Jean; 17'/2ºT). Alex Santana; Rhuan, Igor Cássio (Luiz Fernando; intervalo) e Diego Souza (Vinicius Tanque; 43'/2ºT). Técnico: Alberto Valentim.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.