Tornado mata 91 pessoas e deixa 145 feridos em Oklahoma City, nos Estados Unidos

(Foto: Steve Gooch / AP Photo)

Pelo menos 91 pessoas, incluindo 20 crianças, morreram na passagem de um potente tornado com ventos de até 320 km/h na segunda-feira (20) pela região de Oklahoma City (Oklahoma, sul dos EUA).O fenômeno destruiu centenas de imóveis e duas escolas, segundo fontes oficiais.O presidente americano Barack Obama declarou estado de desastre na região, o que abre caminho para a ajuda federal às áreas devastadas nos condados de Cleveland, Lincoln, McClain, Oklahoma e Pottawatomie, informou a Casa Branca em um comunicado.Uma funcionária do governo local, Amy Elliott, disse em uma entrevista ao canal CNN que 40 corpos foram encontrados nos escombros dos prédios e centros de ensino destruídos pelo tornado.De acordo com Elliott, a maioria das crianças mortas tinha menos de 12 anos.O balanço anterior registrava 51 mortos.O serviço meteorológico nacional classificou a força do tornado como EF-4 na escala de magnitude dos fenômenos, o que significa ventos entre 260 e 320 km/h, mais importante que um furacão de categoria cinco.|Sabemos que há um grande número de feridos. Sabemos que perdemos muitas infraestruturas nesta comunidade e em todo o estado|, disse a governadora de Oklahoma, Mary Fallin, sobre o tornado, que afetou principalmente a cidade de Moore, de 55.000 habitantes.|Há muitas medidas de segurança, tubulações de gás, cabos de energia elétrica que devemos revisar, mas não podemos fazer muito no momento|, explicou o chefe de polícia Jerry Sillings, em uma referência às dificuldades das equipes de emergência de trabalhar no escuro.De acordo com a CNN, pelo menos 145 pessoas foram hospitalizadas.O canal local KFOR, filial da NBC, informou que pessoas estariam desaparecidas entre os escombros da escola primária Plaza Towers.Pais angustiados, mantidos afastados pelas equipes de emergência, estavam reunidos perto dos escombros.O tornado letal também afetou a escola primária Briarwood.Entre as vítimas, de acordo com o canal, estariam uma mãe e seu bebê que haviam se refugiado em um refrigerador.Sobrevoando a área de helicóptero, as câmeras da KFOR capturaram cenas de destruição em Moore, com carros empilhados e casas destelhadas, assim como pessoas caminhando entre os escombros.O prefeito de Oklahoma City, Mick Cornett, disse que as primeiras equipes de emergência foram mobilizadas e que o Estado e a Guarda Nacional participarão no resgate.O centro médico de Moore foi evacuado e todos os pacientes levados para outros hospitais.Abrigos de emergência foram criados em Oklahoma City, em especial nas igrejas.O tornado de Moore parecia ameaçar a localidade de Meeker, aos sul de Oklahoma City. Novos alertas de fortes ventos foram emitidos em Oklahoma e no estado vizinho do Texas.Oklahoma City se encontra dentro do chamado |Vale do Tornado|, que vai da Dakota do Sul até o centro do Texas, região particularmente vulnerável. Na última quinta-feira (16), dez tornados passaram pelo Texas, matando pelo menos seis pessoas, e ferindo dezenas.No domingo (19), um poderoso sistema de tempestade deslizou pelo Meio-Oeste americano, espalhando tornados por Iowa, Kansas e Oklahoma.De acordo com a imprensa local, casas foram destruídas, e pelo menos duas pessoas morreram.Em Shawnee, um tornado alcançou um grupo de casas pré-fabricadas, deixando pelo menos um morto, segundo a FOX TV. No domingo, foi declarado estado de emergência em 16 condados de Oklahoma.Na quinta-feira da semana passada, 10 tornados afetaram o Texas e mataram seis pessoas.A cidade de Moore já havia sido destruída parcialmente em maio de 1999, quando um tornado matou 41 pessoas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.