Publicado em 16/02/2013 às 11:38, Atualizado em 12/06/2018 às 09:11

Relógios devem ser atrasados 1 hora à meia-noite deste domingo

Redação,
 Termina à zero hora de domingo o horário brasileiro de verão, que começou no dia 21 de outubro do ano passado. Os brasileiros das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e o Tocantis deverão atrasar os relógios em uma hora. A mudança no horário gera economia de energia elétrica, mas gera questionamento por conta de médicos por conta dos evetuais prejuízos à saúdeA maioria das pessoas entrevistadas pelo Correio do Estado sobre o horário de verão é contra a medida (veja mais em enquete abaixo). A maior economia no consumo ocorre entre 18h e 21h.O psiquiatra José Carlos Rosa Pires é conhecido em Campo Grande também por na época em que se queria igualar o horário de Mato Grosso do Sul com o de Brasília (DF), manifestar-se contra a proposta.O Estado do Acre, por exemplo, mudou o horário, alinhando-se ao de Brasília, mas se arrependeu e voltou atrás.|As pesquisas mostram que a maioria [das pessoas] é contra. Aumenta o câncer de pele em razão da exposição ao sol, os acidentes de trabalho, domésticos e de trânsito aumentam por causa da sonolência diurna, aumenta a depressão e os casos de suicídio, tem a insônia no período noturno e aumenta o número de mortes em 6% a partir do mês de outubro [todos os tipos]. Os males à saúde são maiores do que a economia|, argumentou Pires.