Quinze vítimas da ''Quadrilha da Panela'' já procuraram polícia

Aproximadamente 20 membros da quadrilha foram levados para a delegacia no último domingo

Cb image default
Caixas com jogos de panelas lotam sala de delegacia na Capital.

Pelo menos 15 vítimas da ''Quadrilha da Panela'' procuraram a Polícia Civil, desde o último domingo (17), para denunciar golpes aplicados pelos criminosos em Campo Grande. O último caso foi registrado nesta quarta-feira (20) por um homem de 40 anos na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Cepol. Ele perdeu R$ 2.040,00.

O delegado Mikail Farias, da 1ª Delegacia de Polícia Civil, contou que desde o domingo equipes policiais apreenderam 93 caixas com jogos de panelas, 26 facas e 29 faqueiros. Os produtos lotam uma das salas da delegacia.

Segundo o delegado, pelo menos 15 pessoas já procuraram a delegacia para denunciar a quadrilha. ''Algumas vítimas chegaram a gastar R$ 4 mil na compra das panelas", disse.

Cb image default
Delegado Mikail Farias contou que pelo menos 15 vítimas já procuraram a polícia. Foto: (Kísie Aionã) 

A quadrilha - Os golpistas já estavam sendo investigados por comercializarem panelas de baixa qualidade como itens alemães, vendidos em euros, alegando "precinho camarada" que chegava a R$ 1,5 mil em 12 parcelas.

O grupo enganava as vítimas contando que iria expor os produtos em uma feira na cidade, que havia sido cancelada em razão do coronavírus. Dessa forma, os golpistas convenciam as vítimas a não perderem a "oportunidade única" de adquirir produto "vendido por mais de 900 euros". Eles foram presos no domingo, aplicando golpes no estacionamento de um supermercado.

Cerca de 20 integrantes da quadrilha foram levados para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro. Quatro pessoas foram presas em flagrante.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.