Primeira votação tem fumaça preta, e conclave ainda não elege novo Papa

Os cardeais reunidos no conclave na Capela Sistina, no Vaticano, não conseguiram escolher o novo Papa, na primeira votação realizada nesta terça-feira (12).Com isso, o conclave para eleger o sucessor de Bento XVI deve prosseguir nesta quarta, com duas votações pela manhã, e outras duas à tarde, até que um dos cardeais obtenha dois terços dos 115 votos.A eleição do novo Papa ocorre após a surpreendente renúncia do agora Papa Emérito Bento XVI, anunciada em 11 de fevereiro e efetivada em 28 de fevereiro, criando uma situação praticamente inédita para a Igreja moderna, em que dois Papas, um atuante e outro Emérito, devem coabitar no Vaticano.O alemão Josef Ratzinger deixou o cargo após oito anos de um pontificado marcado por crises e divisões internas.O cardeal brasileiro Dom Odilo Pedro Scherer é citado, pela imprensa e por analistas, como um dos favoritos para ser o novo Papa, ao lado do italiano Angelo Scola, mas a previsão é de uma eleição difícil.Missa Pro Eligendo PontificeMais cedo, Dom Angelo Sodano, cardeal decano da Igreja Católica, apelou pela |colaboração| e pela |unidade| dentro da Igreja, durante a missa Pro Eligendo Pontifice, que precede o conclave.Todos os cardeais presentes em Roma, eleitores ou não, participaram na cerimônia, uma das mais intensas dos últimos anos. Eles entraram na Basílica de São Pedro com semblante sério e concentrado.Sodano exortou os cardeais a |colaborar para edificar a unidade da Igreja| e |cooperar com o sucessor de Pedro|.|Estamos convocados a cooperar com o Sucessor de Pedro, fundamento visível de tal unidade eclesiástica, afirmou o influente cardeal.|Eu os exorto a se comportarem de maneira digna, com toda humildade, mansidão e paciência, suportando-se reciprocamente com amor, tentando conservar a unidade do espírito por meio do vínculo da paz|, disse Sodano, em referência à carta de São Paulo aos fésios.Ao ser citado pelo cardeal decano, o Papa Emérito Bento XVI, que está repousando na residência papal de verão em Castel Gandolfo, foi bastante aplaudido.Sodano afirmou que o pontificado de Bento XVI foi |luminoso| e expressou a gratidão dos cardeais ao Papa Emérito, pedindo a Deus que dê |outro bom pastor à sua Santa Igreja|.|Queremos agradecer ao Pai que está nos Céus pela amorosa assistência que sempre reserva a sua Santa Igreja e em particular pelo luminoso pontificado que nos concedeu com a vida e as obras do 265º sucessor de Pedro, o amado e venerado pontífice Bento XVI, ao qual neste momento renovamos toda a nossa gratidão|, disse.No sermão, o cardeal também citou os Papas João Paulo II e Paulo VI, alem de lembrar o trabalho importante da Igreja nos últimos anos, que tem impacto não apenas entre os fieis, mas em diferentes culturas.Na entrada dos cardeais, nem mesmo os religiosos tiveram cerimônia – centenas de câmeras fotográficas e celulares foram levantados para registrar imagens dos homens que irão eleger o próximo pontífice a partir desta tarde. Quase todos os cardeais entraram concentrados, com semblante sério.Alguns, entretanto, se destacavam – foi o caso do brasileiro Dom João Braz de Aviz, que entrou e saiu muito sorridente, visivelmente emocionado, olhando os fieis nos olhos e cumprimentando-os com o olhar.O norte-americano Timothy Dolan, arcebispo de Nova York ,também era só sorrisos na entrada e na saída dos cardeais – ele chegou ate a arriscar acenos para os fiéis.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.