Paraguai restringe circulação de pessoas na fronteira

Segundo ele, intenção é diminuir os riscos de contágio pelo novo coronavírus

Cb image default
Presidente paraguaio, Mario Abdo, com cartaz pedindo às pessoas que fiquem em casa. (Foto: Reprodução internet)

O presidente do Paraguai, Mário Abdo, anunciou neste sábado (14) que a partir de segunda-feira (16), serão impostas restrições na circulação de pessoas na região de fronteira. Ele não detalhou as medidas, dizendo que elas estão sendo definidas.

Mato Grosso do Sul tem, só de fronteira seca, 500 quilômetros vizinhos ao Paraguai e por isso a medida do lado de lá tem interesse aqui.

O presidente do país vizinho fez a afirmação ao sair de reunião com o ministro da Defensa, Bernardino Souto Estigarribia, informou o jornal ABC Color.

De acordo com ele, o objetivo principal com a redução da circulação de pessoas é reduzir o risco de transmissão do novo coronavírus. Nas redes sociais, Adbo está pedindo para que as pessoas evitem sair de casa para que as chances de contrair o vírus diminuam.

Mário Abdo disse, também, que haverá reunião, na segunda, com mandatários da região sobre a situação.

No Paraguai, 119 pessoas estão sendo monitoradas por causa da presença do vírus detectada.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.