Neymar se cala e evita polêmica após receber críticas de Pelé

O atacante Neymar não se manifestará nesta quarta-feira mesmo após receber críticas direcionadas de Pelé, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo. O posicionamento é do próprio estafe do jogador. Ainda não há prazo e nem forma de quando o craque santista deve se pronunciar sobre o assunto.Em processo de recuperação por uma cirurgia no quadril realizada no fim do último ano, Pelé alegou que o problema está na inexperiência internacional que transforma o santista em um |jogador comum quando chega à Seleção|.|Todos acham que ele tem de resolver os problemas da Seleção. Neymar não está preparado para receber esse peso. Não vai dar para ele. Neymar não está preparado para isso. Ele não joga no exterior, o futebol europeu é diferente do futebol latino. Nós do Santos falamos que ele é o melhor do mundo, claro. Mas ele já se preocupa mais em aparecer na mídia do que em jogar para o time. O Neymar tem muita responsabilidade. E sua preocupação é mudar o estilo, mudar o corte de cabelo|, argumentou o Rei do Futebol.O volante Arouca tentou defender o companheiro das críticas justificando a |marcação dura| nos jogos da Seleção Brasileira como principal fator para que o camisa 11 não renda tanto quanto no Santos e amenizou a declaração alegando que Neymar não se omite durante as partidas.?|Cada um tem a sua visão e opinião, mas lá na Seleção ele mostra a mesma alegria com os outros jogadores. Parece que está jogando há muito tempo lá, sempre brincando e focado nos treinos. Mesmo nos treinamentos ele vai para cima. Ele não muda muito, se esforça, mas nem sempre dá certo. Nos jogos vejo a mesma coisa. Ele nem sempre vai passar pelo adversário. A marcação é muito mais dura, mas o mais importante é que não deixa de arriscar. O Neymar não se omite|, afirmou.Pelé acredita que Neymar deve continuar a jogar no Brasil porque o |Santos precisa dele|, mas em caso de transferência para a Europa o |ideal seria o Barcelona|. Enquanto segue como jogador santista, o Rei do Futebol diz que o técnico Muricy Ramalho terá como responsabilidade corrigir alguns vícios do atacante. O principal deles, segundo Pelé, é a insistência em cobrar faltas.Neymar evitou comentários sobre o assunto em redes sociais. O atacante, que deixou o treino do Santos de terça-feira antes do término devido a dores lombares, participou normalmente da atividade de quarta, no CT Rei Pelé.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.