Idosa de 75 anos e homem de 26 morrem por falta de UTI em Dourados

Uma idosa de 75 anos e um homem, de 26 anos, morreram por falta de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), durante essa semana, em Hospitais Públicos de Dourados.A primeira vítima foi Jean Michel Aguero, de 26 anos. Ele morreu nessa quinta-feira (13), depois de esperar dois dias por uma vaga na UTI. A vítima sofreu acidente no sábado (08) e teve traumatismo craniano.Segundo Dourados Agora, o Hospital da Vida, onde ele estava internado solicitou que o paciente fosse transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Universitário de Dourados, o que não aconteceu por falta de vaga. Jean Michel só conseguiu uma vaga na segunda-feira (10), no próprio Hospital da Vida.A segunda morte foi a da idosa Eva Ramos Araújo, de 75 anos, que morreu às 6h dessa sexta-feira (14). Ela estava internada no Hospital da Vida, desde a última  quarta-feira, onde passou por cirurgia de estômago e precisava ser internada na UTI. Sem vagas no Hospital Universitário, a paciente que era de Rio Brilhante, acabou falecendo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.