Publicado em 06/02/2020 às 17:02, Atualizado em 06/02/2020 às 21:04

Em operação contra fraudes na merenda escolar, PF apreende dólares e euros

Da Redação, Ivi Hoje,
Cb image default
Dinheiro apreendido durante operação da PF

A Polícia Federal apreendeu durante a Operação Tembi’u, que investiga suspeita de fraudes em processos licitatórios na aquisição de merenda escolar, cédulas de real, dólar e euro. A ação ocorre desde as primeiras horas desta quinta-feira (6/2) nas cidades de Ponta Porã e Amambai.

Vários objetos referentes às buscas realizadas pela manhã foram encaminhados à delegacia da PF em Ponta Porã.

A polícia ainda não divulgou o valor apreendido na ação.

Ao todo, são cumpridos 28 mandados de busca e apreensão nas duas cidades.

Conforme a assessoria de imprensa da Polícia Federal, o objetivo da operação é encontrar elementos de prova referentes a possíveis fraudes em processos licitatórios para a aplicação de recursos do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar).

Os processos investigados são relativos aos anos de 2016 e 2017 na Prefeitura de Ponta Porã e, 2017 e 2018, na Prefeitura de Amambai.

As investigações começaram a partir de denúncia sobre um grupo de empresas que estaria participando de licitações para fornecimento de papel a órgãos públicos e realizando a entrega de produtos irregularmente importados do Paraguai.

A partir dessa constatação, foi possível identificar, em atuação conjunta da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União, a participação desse grupo em procedimentos licitatórios com suspeitas de fraude para fornecimento de merenda escolar com sobrepreço às duas prefeituras. Não é descartada a participação de agentes públicos.

A operação foi batizada “Tembi`u”, que significa “comida” no idioma guarani, uma vez que a investigação diz respeito ao fornecimento de alimentos em cidades da região de fronteira.