Em depressão, mulher enforca filha de três anos até a morte e se mata

Uma carta escrita à mão pela mulher foi encontrada no local da tragédia

Cb image default
Corpos das duas vítimas estavam no quarto de uma casa em Yaguarón, no Departamento de Paraguarí

L. A,, 39 anos, cometeu suicídio, neste domingo (17), após enforcar a filha, de apenas 3 anos, até a morte. O fato ocorreu em Yaguarón, cidade do Paraguai e é investigado pela Polícia Civil.

Além da filha de três anos, a mulher teria outros dois filhos adolescentes em decorrência de um relacionamento anterior, segundo seus parentes.

Segundo a investigação, a mulher sofria de quadro depressivo agudo, após a separação do pai da criança.

Os policiais encontraram no quarto o celular da mulher, no qual havia mensagens ameaçadoras enviadas ao ex-companheiro, como se ela fosse fazer algo para que nunca mais voltasse a ver a filha.

Ainda nas mensagens, o homem, que trabalha como motorista de ônibus, pedia para mulher não cometer nenhuma loucura. Da mesma forma, uma carta escrita à mão pela mulher foi encontrada no local da tragédia, contudo, conteúdo não foi revelado.

A tragédia só foi descoberta pela manhã, quando a mãe de Lisa chegou em casa muito cedo, como ela costuma fazer quase todos os dias, e quando abriu a porta e se deparou com a filha e a neta dependuradas nas cordas. As informações são do site ABC Color.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.