Publicado em 08/02/2013 às 09:42, Atualizado em 12/06/2018 às 09:10

Cratera na BR 376 avança e pode engolir residencia em Deodápolis

Redação,
Com as chuvas da última semana que ocorreram em Deodápolis os problemas de erosões na entrada da cidade na BR 376 sentido córrego das lavadeiras Glória de Dourados se agravaram.

O problema existe há vários anos e a cada dia o problema vem aumentando desde a metade do ano de 2012, onde uma equipe começou fazer a limpeza do local para começar a recuperar as canaletas às margens da rodovia, para depois realizar o recapeamento da rodovia, obra está do Governo Federal.

Uma vez que o solo do município é latossolo vermelho escuro textura media arenosa, solo este de alta suscetibilidade a erosões, como foi retirado parte da vegetação, que servia de barreira de sustentação a terra ficou solta, com cada chuva as crateras vem aumentando e assustando moradores próximos do local.

Um serviço foi realizado no local pela Agesul com colocação de pedras em parte, no inicio do ano, mas não foi suficiente para conter as enxurradas e cratera voltou com força total.

No local sem vegetação iniciou uma cratera que ameaça uma residência e que se providencias não forem tomadas o mais rápido possível com uma nova chuva, a cratera pode engolir a residência e outras no local.

Toda a terra que foi colocada no local da cratera no inicio do ano desceu sentido córrego abaixo o que provavelmente pode causar assoreamento do leito do córrego das lavadeiras causando um grande impacto.

Se providencias não forem tomadas pelos órgãos competentes urgente a BR 376 pode romper ou causar grandes transtornos no local com uma nova chuva.