Estuprada pelo pai, menina de 13 anos engravida e morre no parto

Grávida de cinco meses, a menina sofria abusos frequentes do homem desde os 9 anos de idade

Uma menina de 13 anos morreu na ultima quarta-feira (11), quatro dias depois de realizar um parto prematuro em consequência de uma série de estupros que sofria do pai desde os nove anos de idade. A menina morreu devido o seu estado de saúde frágil. Ela estava com cinco meses de gravidez e o bebê seria fruto dos abusos sexuais.

O pai da menina, identificado como Tomé da Silva Faba, de 36 anos, está foragido. O caso aconteceu em uma comunidade rural de Coari, no Amazonas.

Os abusos sexuais sofridos pela criança só foram descobertos depois que a mãe e a tia perceberam alterações no corpo da menina e decidiram leva-la ao médico, que revelou a gravidez de cinco meses. Somente então, a menina contou a família os abusos que sofria, há três anos, do pai. De acordo com a tia, o homem ameaçava a criança para que não contasse a ninguém.

Para que não houvesse suspeitas, Tomé Faba praticava os crimes em locais afastados da aldeia onde a família mora no Amazonas, na comunidade de Santa Maria do Igapó Grande.

A polícia segue à procura do suspeito.

PGlmcmFtZSBpZD0iX2p4bWR2NDJibSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9PTThqbHFnZ0VCaz9yZWw9MCZhbXA7YW1wO3Nob3dpbmZvPTAiIGFsbG93ZnVsbHNjcmVlbj0iIiBmcmFtZWJvcmRlcj0iMCI+PC9pZnJhbWU+

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.